|
A+ / A-

Sporting

Ex-colega de Sporar garante. "Aparece bem na área e é muito bom a finalizar"

20 jan, 2020 - 18:15 • Rui Viegas

Pedro Pacheco cruzou-se com Andraz Sporar no Basileia e, em declarações a Bola Branca, aplaude a chegada a Alvalade do atacante esloveno.

A+ / A-

O avançado Andraz Sporar é a primeira contratação do Sporting no presente mercado de Inverno. Sporar já passou por Basileia, entre 2016 e 2017, onde se cruzou com Pedro Pacheco, atualmente no Amarante, do Campeonato de Portugal.

Em declarações a Bola Branca, o defesa de 22 anos fez um "raio-x" ao seu ex-colega, que considera ser um jogador que "trabalha muito", "forte fisicamente", admitindo ainda que Sporar o espantava nos treinos do Basileia.

"Ele aparece muito bem na grande área e é muito bom a finalizar. Pude treinar com ele e constatei isso", esclarece, antes de relembrar o período que o esloveno atravessou com falta de confiança por causa de uma rotura num tendão. "Foi um período que lhe retirou confiança. Se a tiver, pode singrar no Sporting", reiterou.

O esloveno, que troca o Slovan Bratislava por Alvalade, tem dado nas vistas na Liga Europa, competição na qual é um dos melhores marcadores, com cinco golos. A mesma soma que Bruno Fernandes, sendo que os jogadores são apenas batidos por Morelos, avançado colombiano do Rangers, com seis tentos.

Pedro Pacheco ainda não falou com Sporar, mas vê com bons olhos a mudança do avançado para os leões, assegurando que só lhe dirá "bem do Sporting e de Portugal".

Andraz Sporar soma 16 jogos e 2 golos pela seleção principal da Eslovénia, golos esses marcados à Polónia e a Israel na fase de qualificação para o Euro 2020. Conta com duas ligas e uma taça da Suíça, uma liga da Eslovénia e, ainda, com a liga e a taça da Eslováquia no seu palmarés, tendo-se sagrado o melhor marcador da última edição do campeonato eslovaco com 29 golos apontados.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.