|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

França

André Villas-Boas não garante que ficará no Marselha

15 jan, 2020 - 20:55 • Redação

Mudanças na estrutura diretiva do clube, das quais não teve conhecimento, deixam o futuro do treinador português em dúvida.

A+ / A-

André Villas-Boas não assegura que ficará no Marselha após o final da temporada, no seguimento das mudanças na estrutura diretiva do clube, das quais não teve conhecimento prévio.

Jacques-Henri Eyraud, presidente do Marselha, anunciou a chegada de Paul Aldridge, para facilitar vendas de jogadores, especialmente para Inglaterra. Contudo, esta contratação poderá significar a saída de Andoni Zubizarreta, diretor desportivo do Marselha e uma das principais razões porque o treinador português está no clube francês.

Daí que, quando questionado sobre a sua continuidade no clube, esta quarta-feira, Villas-Boas tenha dado uma não-resposta: "Vim para aqui em primeiro lugar pela grandeza do clube e, em segundo, por Zubizarreta. Já disse que o meu futuro está intimamente ligado ao futuro dele. Conseguimos trazer estabilidade a um dos clubes mais instáveis do mundo em termos desportivos e emocionais e na suas relações com a imprensa e os adeptos. Devia responder com franqueza, mas não posso. Tenho de ter cuidado com o que digo."

"Um homem do mundo"


Villas-Boas recordou que é "um homem do mundo" e que deixou o Shanghai SIPG, da China, onde ganhava 12 milhões de euros anuais, para competir no Rali Dakar, em 2018.

"Estava mais perto de ir para o México ou para a Argentina do que voltar à Europa e assinar pelo Marselha. Mas vim pela minha relação com o Zubizarreta. Se levarem isso em conta, já têm a vossa resposta", frisou.

O antigo treinador do FC Porto salientou que se sente "feliz" em Marselha, contudo, não fechou a porta a qualquer oportunidade: "Para mim, o futebol é viver boas experiências. Não tenho limites geográficos. Posso treinar no JApão ou no BRasil. O projeto e as relações de confiança são a minha forma de viver."

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.