Tempo
|
A+ / A-

O presépio como “pólo de evangelização”

14 jan, 2020 - 15:43 • Teresa Paula Costa

Os franciscanos capuchinhos têm novo espaço museológico em Fátima, com mais de 800 presépios de todo o mundo feitos com diversos materiais. A coleção pode ser visitada ao longo do ano.

A+ / A-

O Centro Bíblico dos Capuchinhos, em Fátima, tem um novo espaço museológico denominado “Evangelho da Vida – Coleção de presépios”. Inspirado na Encíclica do Papa João Paulo II “Evangelium Vitae”, o espaço reúne mais de 800 presépios que frei Lopes Morgado, da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos tem vindo a colecionar.

Em entrevista à Renascença, o frade conta que “a coleção começou com duas peças de José Franco que trouxe de Lisboa, onde estava na altura, em 1993, e que tinha no meu quarto”. Diz que foi com alguma surpresa que começou a ver que várias pessoas lhe ofereciam presépios.

“Nunca tive feitio, nem tempo, nem dinheiro para isto”, mas “as pessoas, sabendo do meu amor ao presépio, iam trazendo mais”, explica, para concluir que acabou por se sentir na obrigação e com a responsabilidade de apresentar estas peças, “para que os meus irmãos as expusessem a toda a gente, com os objetivos que nós sempre defendemos, que é apresentar o presépio como fonte de cultura e de evangelização”, refere.

Frei Lopes Morgado explica que a exposição situa o presépio “no contexto de toda a Bíblia”, e está dividida em cinco núcleos, um deles inclui imagens de Maria e de Jesus oriundas de Portugal, Madagáscar, Angola, Vietname, Turquia, Espanha, Itália e Taiwan., mas também podem ser vistos presépios de grande porte oriundos de Portugal, Itália, China e Peru.

Um dos núcleos é dedicado a São Francisco de Assis – que segundo a tradição foi o primeiro a pensar, construir e ornamentar um presépio de Natal no monte Greccio, em Itália, em 1223 – e para além de um vídeo sobre essa celebração original, inclui uma coleção de presépios pertencente à Província Portuguesa da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos.

No centro do espaço encontra-se uma gruta feita de madeira que acolhe os presépios portugueses.

No total, o espaço mostra mais de 800 presépios feitos em materiais tão diversos como folha de milho, madeira, porcelana, prata, mármore, papiro, areia, cristal, bordados, bagas de eucalipto, entre outros.

O novo espaço museológico não tem a classificação oficial de Museu, mas de “coleção visitável”, por isso, a sua utilização depende da procura dos visitantes e da disponibilidade dos guias. Para isso é preciso marcar previamente a visita.

O Centro Bíblico dos Capuchinhos fica na avenida Beato Nuno, 407, em Fátima.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.