|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Barcelona

Setién: "Ontem passeava com vacas, hoje treino os melhores do mundo"

14 jan, 2020 - 13:55 • Redação

Na apresentação como novo treinador do Barcelona, Quique Setién assumiu ambição de ganhar tudo, a jogar bem.

A+ / A-

Quique Setién foi apresentado, esta terça-feira, como novo treinador do Barcelona. Em conferência de imprensa, o técnico espanhol, de 61 anos, não escondeu o orgulho por poder sentar-se na "cadeira de sonho".

"Ontem, estava a passar com as minhas vacas, na minha aldeia. E hoje, estou a treinar os melhores do mundo. Esta equipa e estes jogadores fizeram-me desfrutar do futebol. Ainda não estou consciente do que significa sentar-me aqui e treinar o melhor do mundo [Lionel Messi]. Falei com ele e com outros, mas disse-lhe: 'sinto admiração por ti, mas cada um tem de estar no seu lugar'", revelou Setién.

Setién deixou palavras de apreço ao seu antecessor, Ernesto Valverde, "uma pessoa muito correta", e agradeceu ao técnico basco por lhe deixar nas mãos "uma equipa que está em primeiro" no campeonato.

Ganhar a jogar bem, uma filosofia


Quique Setién está consciente de que o Barcelona não pode vencer apenas a Liga espanhola. O objetivo é conquistar tudo, com jogo bonito:

"O meu grande objetivo é, sem dúvida, ganhar tudo o que for possível. Este clube não tem outro caminho que não melhorar-se a cada ano e conquistar o máximo de títulos possível, além de jogar bem. O melhor caminho para a vitória é jogar bem", assinalou o técnico.

Quique Setién começou a carreira, enquanto treinador, no Racing Santander. Foi selecionador da Guiné Equatorial e orientou o Lugo e Las Palmas, até chegar ao Bétis na época 2017/18. Na primeira temporada, conseguiu o sexto lugar do campeonato, na segunda foi 10.º.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.