|
A+ / A-

Exclusivo Renascença

Cristina Ferreira candidata à Presidência da República "teria votação expressiva" , diz Ricardo Araújo Pereira

10 jan, 2020 - 15:17 • José Pedro Frazão, Cristina Nascimento, Ricardo Vieira

Em declarações à Renascença, o humorista Ricardo Araújo Pereira acredita que a apresentadora teria um resultado importante se avançasse com uma candidatura a Belém e fala sobre as suas ambições no mundo do "dirigismo".

A+ / A-

Cristina Ferreira terá uma “votação importante” se avançar para a Presidência da República, acredita Ricardo Araújo Pereira. No programa “Da Capa à Contracapa” da Renascença, o humorista responde, também, sobre uma eventual candidatura a Belém ou ao “seu” Benfica.

No programa “Da Capa à Contracapa”, que será transmitido este sábado, pelas 9h30, Ricardo Araújo Pereira considera que a apresentadora da SIC teria um resultado expressivo se entrasse na corrida a Belém.

“Não tenho dúvidas nenhumas que, se a Cristina Ferreira se candidatar, conseguiria ter uma votação importante. Não digo que seria eleita, mas teria uma votação expressiva. Não tenho dúvidas disso”, afirma o humorista que recentemente se transferiu da TVI para a SIC.

“Isso não seria revelador do poder dos programas da manhã, mas tem a ver com a popularidade que uma pessoa como a Cristina Ferreira obteve, com todo o mérito. Tem a ver com o poder que essa popularidade depois tem”, sublinha o fundador do coletivo "Gato Fedorento".

Em entrevista à revista "Visão", Cristina Ferreira não descarta a possibilidade de um dia ser candidata à Presidência da República: "um dia poderia representar todos os portugueses e não iria falhar", afirmou.

E Ricardo Araújo Pereira à Presidência da República ou do Benfica? O humorista deixa a garantia: “nunca serei candidato a presidente seja do que for, nem sequer de uma associação recreativa”, disse o humorista.

Assumidamente benfiquista, Ricardo Araújo Pereira exclui qualquer hipótese de se candidatar até à presidência dos encarnados.

“Esse, que seria um cargo de facto importante, também não há hipótese de isso acontecer. Não tenho categoria para ser presidente do Benfica. Aliás reconhecer isto é o primeiro requisito para se ser presidente do Benfica. Mas enfim, é pena”, rematou.

[notícia atualizada às 16h50]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.