|
A+ / A-

Cidade do Rock

Post Malone atua na última noite do Rock in Rio Lisboa 2020

09 jan, 2020 - 21:30 • Redação

Pela primeira vez no Rock in Rio Lisboa, o jovem rapper atua no Palco Mundo no dia 28 de junho, encerrando mais uma edição do festival.

A+ / A-

O rapper norte-americano Post Malone é a mais recente confirmação do Rock in Rio Lisboa 2020. O artista, que atua pela primeira vez no festival, encerra o evento na noite de 28 de junho, no Palco Mundo.

Com apenas 24 anos, Post Malone é o artista mais popular do serviço de streaming musical Spotify e autor do álbum mais ouvido de 2019, com o seu terceiro trabalho de estúdio “Hollywood’s Bleeding”.

“Circles”, “Sunflower”, “Rockstar” e “Psycho” são alguns dos êxitos do jovem músico que se farão ouvir na última noite de festa na Cidade do Rock.

Malone junta-se assim a outros nomes de luxo do cartaz deste ano, como Foo Fighters, The National, Camila Cabello e Black Eyed Peas.

Austin Richard Post, nome verdadeiro do rapper que já é considerado um fenómeno musical a nível global, alcançou o estrelato em fevereiro de 2015, com o single de estreia “White Iyerson”. O lançamento conduziu-o quase de imediato à assinatura de um contrato com a editora Republic Records.

Desde então, Post Malone tem arrecadado discos de platina um pouco por todo o mundo, tendo também conquistado êxitos consecutivos no número 1 da “Billboard Top 200” e no “Hot 100”.

O Rock in Rio Lisboa está de volta ao Parque da Bela Vista nos dias 20, 21, 27 e 28 de junho.

Ainda é possível adquirir vouchers diários na FNAC online e em todas as lojas FNAC do país por 69€ (o mesmo preço do bilhete diário) ou as últimas unidades de bilhetes com 20% de desconto em Cartão Continente.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.