RR
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Na corda bamba?

08 jan, 2020 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Um pequeno grupo de jovens associados do Sporting Clube de Portugal formalizou ontem o pedido tendente à convocação de uma assembleia geral extraordinária do clube visando a destituição dos atuais corpos gerentes que presidem aos destinos dos leões há pouco mais de um ano.

Revestidos de inteira legalidade estatutária, estes associados leoninos afirmavam ontem, após a entrega de cerca de três mil assinaturas, não estarem ao serviço de qualquer retaguarda que possa ser traduzida no apoio de qualquer das claques nem sequer de um ou outro ex-dirigente que, na sombra ou às claras, possa estar a conspirar contra a equipa de Frederico Varandas.

Os seus propósitos cingem-se àquilo que consideram a má gestão e a não observância dos estatutos.

Olhando para o dinamismo evidenciado por este grupo é lógico colocar a dúvida sobre o silêncio que manteve durante a atribiliária presidência anterior, a qual, essa sim, protagonizou constantes atropelos aos estatutos do clube, perante a indiferença de um bom quinhão da massa associativa do emblema do leão.

O processo vai agora seguir a sua marcha normal. Está agora nas mãos do presidente da Assembleia Geral a sua condução, e, sobretudo, a avaliação que o próprio irá fazer das razões que estão na base deste pedido.

Independentemente do desfecho que a requisição agora feita venha a registar, tudo isto não pode deixar de ser visto como mais um capítulo da história que o centenário clube de Alvalade está a escrever.

É que perante face a tanta agitação continuará a não ser de bom augúrio o futuro de tão prestigiada coletividade, servida por figuras ilustres prestadoras de altos serviços.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Helder
    08 jan, 2020 Vendas Novas 21:48
    Boa noite. "Um pequeno grupo de jovens associados do Sporting Clube de Portugal formalizou ontem o pedido tendente à convocação de uma assembleia geral" O senhor faz aqui de juiz em causa que lhe deveria ser alheia, pois pelo que se sabe ainda continua a ser jornalista. E é nessa condição que por aqui vai escrevendo "umas coisas". Se estou enganado, desculpe. Caso contrário aqui vai: como sabe que é um pequeno grupo de sócios?; qual a razão dessa luta contra a anterior direcção? Não acha que a sua idade já pesa para querer ir para a Sporting TV? Também acha que ser do Sporting é pensar como o senhor? Todos somos sportinguistas de coração, todos! Tenha dó!!! Se o senhor é sportinguista como apregoa, prove e deixe-se de tretas e vingançasinhas, porque quem fica prejudicado é sempre o Sporting. Há anos que lhe ouvimos essas lamechas, deixe-se disso. Apesar da sua idade, respeitosamente, ainda está a tempo de ir defendendo o Sporting. Não assim! Parece o seu presidente com o discurso de ""unir o Sporting"". Acredita no discurso dele?