Papa pede desculpa por ter "perdido a paciência" com peregrina que o agarrou

01 jan, 2020 - 12:01 • Aura Miguel , Inês Rocha Imagens: Reuters e Vatican News

O Papa Francisco pediu desculpa, esta quarta-feira, após um desentendimento com uma peregrina que o agarrou, na Praça de São Pedro, pedindo que todos saibam viver “a paciência do amor”. “Tantas vezes perdemos a paciência. Também eu!”, admitiu, antes da oração do Angelus. Na tradicional visita ao presépio na Praça de São Pedro, no dia 31 de dezembro, Francisco mostrou-se irritado quando uma das presentes o puxou, com força. Para se libertar, chegou mesmo a bater-lhe na mão.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.