|
A+ / A-

Seat Tarraco 2.0 Tdi 150 Cv – Um verdadeiro SUV

27 dez, 2019 - 19:55 • José Carlos Silva

Há muitos que ostentam a classificação, mas o Tarraco encarna o conceito SUV como poucos. Um veículo desportivo e utilitário, capaz de fazer um caminho de pedras, ou viajar com bastante conforto em estrada e autoestrada.

A+ / A-

Exterior

O nome é bruto, mas a linha do Tarraco, não. É um Suv que se destaca pela generosa altura ao solo, acompanhada por jantes de grandes dimensões (20 polegadas), tão ao gosto do consumidor português.

As cavas das rodas têm proteções em plástico preto que podem ser muito úteis num fora de estrada, para evitar uma ou outra pedra que possa ser projetada contra a carroçaria.

Visto de lado, é bem proporcionado. Tem um ar avantajado, e parece capaz de transportar lá dentro um frigorífico sem problemas de maior. Com 4,7 metros, o Tarraco não esconde atrás do seu desenho, as 4 portas, que permitem um bom acesso à viatura.

A frente ostenta umas óticas esguias que tocam a grelha com forma de diamante.

Interior

Bem construído, com materiais mais cuidados, do revestimento dos bancos ao tablier. E já que falamos de tablier este apresenta uma grande superfície, sem grandes recortes, assente num friso colorido muito semelhante a madeira.

O condutor e o passageiro da frente têm espaço de sobra, inclusivamente entre os dois bancos, a consola central é igualmente de boas dimensões. Culmina no meio do tablier com um ecrã multifunções de 8”. Persistem ainda assim alguns plásticos mais duros.

É fácil encontrar uma boa posição de condução, e a modularidade oferecida por este modelo, com sete lugares é muito bem-vinda.

Os lugares traseiros estão longe de ser espaçosos, mas são aceitáveis para crianças ou pessoas de baixa estatura.

Sendo sempre possível ganhar algum espaço, fazendo deslizar a segunda fila de bancos alguns centímetros para a frente, e de forma assimétrica.

A bagageira tem 700 litros com a terceira fila de bancos escondida no chão da bagageira.

Este é um valor muito respeitável, e podia ser bem maior, tendo em conta que os bancos “roubam” profundidade ao plano de carga. Mas é preferível assim.

Motor

Trata-se de um 2 litros a gasóleo, com 150 cavalos de potência. O modelo testado tinha caixa manual de seis velocidade.

Não sendo um espanto nas prestações (há, contudo, duas versões mais aliciantes a este nível a gasolina e diesel com 190 cv), é competente sobretudo quando se pensa que este é um modelo familiar.

Os consumos testados vão além do anunciado pela marca, com uma média de 7,7 litros aos cem.

O Seat Tarraco 2.0 Tdi 150 cv é proposto por um preço inicial de 44.763 Euros.

Tarraco pode não ser o nome mais “sonoro” para este modelo da Seat, mas é difícil ir muito mais longe no que toca a críticas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.