|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Estância de esqui italiana é a primeira da Europa a banir o plástico

27 dez, 2019 - 17:41 • Redação

A medida, que entrou em vigor no início de dezembro, foi motivada pela descoberta de mais de 130 metros de microplásticos num glaciar próximo.

A+ / A-

Pejo 3000, um "resort" de esqui, localizado em Trentino, Itália, proibiu, a partir deste mês, a comercialização de todo o tipo de artigos descartáveis que contenham plástico.

A medida é inédita na Europa e foi motivada pela descoberta de uma quantidade significativa de microplásticos, num glaciar próximo da estância.

Entre os artigos banidos estão garrafas, sacos, talheres, pratos, copos e palhinhas de plástico e ainda saquetas miniatura de molhos.

Durante os próximos meses, a estância quer implementar mais medidas que protejam o ambiente como, por exemplo, a remoção de coberturas plásticas dos passes de esqui diários e um maior rigor na recolha de lixo e reciclagem.

Atualmente, o vale do Pejo, onde se localiza a estância, já utiliza energia renovável, sendo os prédios aquecidos através de madeira proveniente de operações florestais locais.

"Estamos a pensar no meio ambiente, no impacto nas gerações futuras, mas também na competitividade do nosso território", afirmou Fabio Sacco, diretor-geral de turismo em Val di Sole, acrescentando que “devemos ser sérios no que fazemos, e não fazer grandes afirmações sem concretizar ações firmes”.

As mudanças na estância foram motivadas por um estudo, realizado por cientistas da Universidade de Milão e da Universidade de Milão-Bicocca, em abril deste ano, que revelou que um dos maiores glaciares dos Alpes italianos – o Glaciar do Forno – continha entre 131 e 162 metros de partículas plásticas.

Christian Casarotto, especialista em glaciares do Muse Natural Sciences Museum, em Trento, não tem dúvidas que “se os produtos plásticos chegam às montanhas, permanecem lá por um longo período, possivelmente décadas, acabando por entrar na cadeia alimentar, causando assim danos ambientais e de saúde”, pelo que “projetos que limitem o uso de plástico são extremamente necessários”.

O Pejo 3000 acolheu mais de 137 mil visitantes no inverno passado e conta com sete teleféricos e 20 quilómetros de pistas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.