|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Em Nome da Lei
O direito e as nossas vidas em debate. Sábado às 12h, com repetição domingo às 0h
A+ / A-
Arquivo
Em Nome da Lei - A Lei da Nacionalidade - 14/12/2019
Em Nome da Lei - A Lei da Nacionalidade - 14/12/2019

Em Nome da Lei

Mudanças à lei da nacionalidade

14 dez, 2019


Com mudanças à lei da nacionalidade em discussão na Assembleia da República, o tema é alvo de discussão no programa Em Nome da Lei, desta semana,

A lei da nacionalidade está a ser discutida na Assembleia da República.

O debate tem sido aceso, como foi no estúdio da Renascença, onde o tema foi abordado no programa Em Nome da Lei.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Bruno dias
    30 mar, 2020 Angola 13:42
    Eu tenho uma dúvida: a minha mãe nasceu em 1954,em malange,Angola,naquele todos eram portugueses pq Angola era uma Colonia portuguesa, ela ainda guarda o bilhete portugues do tempo colonial,gostaria de saber se e possível a minha mãe reaver novamente a nacionalidade poryuguesa,visto que antes da independência portuguesa,ela já o era,obrigado pela ajuda.
  • Leovegildo Barros
    14 dez, 2019 Portimão 14:57
    Em Nome da Lei, Mudanças à lei da nacionalidade, 14 dez, 2019 Exmos. senhores, tal como foi protagonizado durante o de bate, infelizmente eu tive que o fazer. Desliguei a rádio RR, após tentar conseguir ouvir um debate em que todos os intervenientes falavam ao mesmo tempo, sem respeito, umas pelas outras e assim pelos os ouvintes. O assunto era demasiado sério e interessante para se passar o que se passou. Uma total falta de respeito pela arte de comunicar, onde o saber ouvir é fundamental. O meu lamento. Espero não ter que voltar a tomar novamente a mesma atitude, caso contrário, deixarei pura e simplesmente deixar de ouvir este programa. Sem ter nada a ver com isto tudo, a não ser um ouvinte atento da RR, fiquei envergonhado, não só com a indisciplina e falta de educação das convidadas com elas próprias, como também para os ouvintes que tal como eu não conseguíamos perceber as ideias defendidas por cada uma, bem como a falta de competência pela pessoa que não conseguiu ser uma moderadora à altura. Mais uma vez o meu grande lamento.