RR
|
A+ / A-

Francisco assinala meio século de ordenação com estudantes e ao som de Cuca Roseta

13 dez, 2019 - 17:11 • Ecclesia

Francisco inaugurou nova sede internacional de “Scholas Ocurrentes” em Roma, ao som da música de Cuca Roseta.

A+ / A-

O Papa Francisco inaugurou esta sexta-feira em Roma um novo espaço internacional da “Scholas Ocurrentes”, o projeto que criou para a promoção de um novo modelo de educação global, no dia em que celebrou o 50.º aniversário de ordenação sacerdotal.

A cerimónia decorreu no Palácio de São Calisto, com a presença de vários jovens estudantes e de colaboradores da fundação pontifício, entre eles a fadista Cuca Roseta, embaixadora das Scholas em Portugal.

Durante mais de uma hora, o Papa esteve em ligação via internet com jovens de várias partes do mundo, acompanhando a inauguração do novo espaço do projeto educativo em Los Angeles, Estados Unidos da América.

Na breve mensagem que deixou aos jovens, Francisco desafiou-os a “deixar sair o que têm dentro”, em grupo, com a ajuda dos outros, “fazendo caminho, fazendo história”.

O trabalho da fundação, explicou, visa ajudar os jovens a “expressar-se”, com “poesia”.

“Poesia é, como diz a etimologia da palavra, criatividade. O homem, a mulher, ou são criativos ou permanecem crianças, pequenos”, acrescentou.

O Papa falou numa criatividade que é acompanhada “por símbolos, histórias”, num programa que “cria liberdade”, apostando no que cada jovem “tem no seu coração, a capacidade de crescer e fazer futuro”.

As “Scholas Ocurrentes” procuram um compromisso educacional com as novas gerações, através da arte e do desporto, “renovando a paixão por uma educação mais aberta e inclusiva, capaz de ouvir as crianças, por meio do diálogo construtivo e entendimento mútuo”.

O encontro desta sexta-feira teve como convidadas as primeiras-damas da Argentina, Belize, Brasil, Colômbia e Paraguai.

A fundação Scholas é uma entidade pública internacional sem fins lucrativos, promovida pelo Papa Francisco, presente em mais de 190 países, incluindo Portugal, que reúne mais de 446 mil escolas e redes educacionais, de todas as confissões religiosas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.