|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Debate sobre lei da nacionalidade aquece entre Livre e CDS

11 dez, 2019 - 18:15 • Paula Caeiro Varela , Filipe d'Avillez

Telmo Correia acusou o Livre de ter faltado ao respeito pelos símbolos nacionais. A deputada pediu a palavra para defesa da honra.

A+ / A-

A discussão sobre as alterações propostas pela esquerda à lei da nacionalidade aqueceu esta quarta-feira no Parlamento, com a intervenção do CDS.

Telmo Correia falou numa irresponsabilidade das propostas do Bloco, Livre e PAN, mas foi mais longe no ataque ao Livre.

“Isto é uma absoluta irresponsabilidade, é de quem desvaloriza a nacionalidade, de quem desvaloriza a nação portuguesa o que nalguns casos, como é o caso do Livre, não nos surpreende. Nós vimos bem as manifestações que têm feito e a forma como tratam os nossos símbolos nacionais. Não nos surpreende de maneira nenhuma.”

Joacine Katar Moreira pediu a defesa da honra e não ficou sozinha, tendo recebido aplausos das bancadas do PS e do Bloco de Esquerda.

“Isto é absolutamente inadmissível. Em momento algum eu realizei isto. Em momento algum eu atentei à simbologia nacional. É uma mentira absoluta.”

Telmo Correia contestou: “O que eu disse e repito é que existiu aqui à porta do Parlamento uma manifestação do seu partido, onde houve pessoas que ofenderam símbolos nacionais, dizendo que a bandeira nacional era colonialista, o que é obviamente inadmissível neste país”.

Quanto às alterações apresentadas, tudo indica que serão chumbadas. O PS criticou sobretudo as propostas do Livre e do Bloco de Esquerda e conta com o apoio das bancadas mais à direita.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.