|
A+ / A-

Derrocada em Lisboa deixa pelo menos 50 pessoas desalojadas

04 dez, 2019 - 22:09 • Redação com Lusa

Incidente não fez vítimas, mas obrigou ao fecho de uma creche e de uma residência.

A+ / A-

Parte de um prédio devoluto na Avenida Elias Garcia, em Lisboa, sofreu uma derrocada esta quarta-feira ao início da noite, disse à Renascença fonte do Regimento de Sapadores Bombeiros.

O vereador da Proteção Civil da Câmara de Lisboa, Carlos Castro, adiantou no local que não há vítimas a registar.

Pelo menos 50 pessoas, que residiam num edifício contíguo que ficou em risco, foram retiradas e vão passar a noite numa pousada. São todos estudantes universitários internacionais.

"Temos indicação de 80 moradores, mas só observámos 50", disse o vereador Carlos Castro.

Os jovens foram, inicialmente, levados para a junta de freguesia das Avenidas Novas, e vão passar a noite na Pousada da Juventude de Lisboa.

Por questões de segurança, os prédios contíguos, entre os números 120 e 130 (correspondentes a dois prédios), vão ficar interditados até que sejam efetuadas vistorias para avaliar as condições de segurança, motivo pelo qual uma creche ali localizada vai estar encerrada na quinta-feira.

Nestes edifícios há também espaços comerciais.

As autoridades chegaram a realizar buscas com cães pisteiros, avançou a CMTV, mas não encontraram vítimas nos escombros.

A ocorrência aconteceu às 20h03. Foram mobilizados 22 operacionais e 10 viaturas dos Sapadores de Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.