|
A+ / A-

Megaoperação da Europol deteve 228 pessoas por lavagem de dinheiro

04 dez, 2019 - 10:35 • Redação

Durante a operação, que envolveu 31 países, foram identificadas mais de quatro mil pessoas.

A+ / A-

Uma operação internacional coordenada pela Europol (EMMA5) deteve 228 pessoas por lavagem de dinheiro e identificou mais de quatro mil pessoas.

Uma nota enviada à redação informa que as autoridades de 31 países, apoiadas pela Europol, Eurojust e a Federação Europeia de Bancos, intensificaram os esforços para combater os esquemas de lavagem de dinheiro que usam as chamadas "mulas".

Uma "mula" de dinheiro é o nome dado a um correio humano usado para despistar transferências de dinheiro internacionais com origem em atividades criminosas.

A quinta operação desta natureza, que teve lugar entre setembro e novembro deste ano, identificou 3.833 pessoas que atuaram como “mulas” e 386 recrutadores.

Mais de 650 bancos, 17 associações do setor outras instituições financeiras denunciaram 7.520 transações fraudulentas envolvendo "mulas" de dinheiro evitando a perda de 12.9 milhões de euros.

No total foram abertas mais mil investigações e muitas ainda decorrem.

Esta operação contou com a colaboração de 30 países, a maioria europeus, entre os quais Portugal, mas também Austrália e Estados Unidos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.