|
A+ / A-

Boavista

Lito Vidigal respeita, mas não teme o Benfica

04 dez, 2019 - 13:40 • Redação

O treinador do Boavista acredita na vitória, na 13.ª jornada da I Liga, frente a um Benfica "forte e recheado de bons jogadores".

A+ / A-

Lito Vidigal respeita, mas não teme o Benfica e acredita que o Boavista pode vencer, na receção aos campeões nacionais, relativa à 13.ª jornada do campeonato.

"Vamos encontrar um adversário difícil. Respeitamo-lo, mas a nossa intenção é sempre respeitar e não temer. Gostávamos de ter aqui um jogo competitivo, que tivesse um justo vencedor. O que queremos é competir ao máximo, que todos deem o máximo: nós, os jogadores do Benfica, a equipa de arbitragem. Que haja um justo vencedor num jogo sem casos", frisou o técnico boavisteiro, esta quarta-feira, em conferência de imprensa.

Frente ao Sporting da Covilhã, para a Taça da Liga, Bruno Lage apresentou um onze com 10 novidades. Frente ao Boavista, Lito espera que o Benfica regresse à sua composição habitual - com exceção de André Almeida, lesionado. Independentemente de quem jogue, o Benfica "é forte e está recheado de bons jogadores".

"Esta época, o Benfica só tem uma derrota contra o outro candidato. Isso diz tudo. Nós vamos ser competentes, competitivos e temos de ser mentalmente fortes, temos de acreditar que é possível vencer. Se formos solidários a acreditarmos no nosso processo, temos possibilidades de vencer", salientou.

Apesar da ambição "de controlar o jogo" e somar os três pontos, Lito não está alheio às dificuldades que defrontar o líder do campeonato pressupõe, pelo que, acima de tudo, pede empenho à sua equipa: "Se os jogadores derem o máximo, já me sinto feliz."

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.