|
A+ / A-

Quer ver Portugal no Euro 2020? Pode comprar bilhetes a partir de hoje

04 dez, 2019 - 14:01 • Redação com Lusa

Arranca a segunda fase da venda de bilhetes para a fase final, que será disputada em 12 países, em junho e julho de 2020.

A+ / A-

A segunda fase de venda de bilhetes para os jogos do Euro 2020 começa esta quarta-feira. Os membros do Portugal+ terão condições especiais para os adquirir a partir de sexta-feira, segundo indica a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

De acordo com uma nota divulgada pela FPF, no site oficial, os adeptos registados no Clube Oficial de Fãs das Seleções Nacionais (Portugal+) terão acesso privilegiado aos ingressos, que serão disponibilizados por ordem de manifestação de interesse.

"Ainda durante esta fase de sorteio/compra de bilhetes, a partir de dia 6, os fãs do Portugal+ poderão usufruir de condições especiais para garantir, sem sorteio e por ordem de chegada, a compra dos ingressos para todos os jogos de Portugal durante o Euro 2020", refere a FPF.

Os interessados em adquirir bilhetes para a competição poderão, também, candidatar-se através do site de UEFA, entre esta quarta-feira e 18 de dezembro.

A venda de ingressos para o Euro 2020, que vai ter recorde de lotação, iniciou-se em junho e deverá ficar concluída em abril do próximo ano, quando forem apuradas as quatro últimas seleções participantes, provenientes dos "play offs".

Portugal, campeão em título, está inserido no grupo F, juntamente com a Alemanha, a França, e uma equipa proveniente dos "play offs". O Euro 2020 decorre entre 12 de junho e 12 de julho, em cidades de 12 países.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.