|
A+ / A-

​Astrónomos descobrem o maior buraco negro mais próximo da Terra

03 dez, 2019 - 21:50 • Lusa

Buraco negro, a 700 milhões de anos-luz do nosso planeta, tem uma massa equivalente a 40 mil milhões de vezes a do Sol.

A+ / A-

O maior buraco negro alguma vez detetado a menos distância da Terra terá uma massa equivalente a 40 mil milhões de vezes a do Sol, estimam os astrónomos que fizeram a descoberta divulgado esta terça-feira.

A massa do buraco negro foi calculada de forma direta por uma equipa do Instituto Max Planck de Física Extraterrestre e da Universidade de Munique, na Alemanha.

O corpo extremamente denso e escuro situa-se no centro da galáxia Holmberg 15A, no "coração" do aglomerado de galáxias Abell 85, a 700 milhões de anos-luz da Terra, sendo o maior buraco negro que está a menos distância do planeta.

Um dos maiores buracos negros no Universo, o "TON 618", com uma massa equivalente a 66 mil milhões de vezes a do Sol, está a uma distância muito maior, a 104 mil milhões de anos-luz da Terra.

Os astrónomos basearam-se nos movimentos estelares observados em redor do centro da galáxia Holmberg 15A, através dos telescópios VLT, no Chile, e do Observatório Wendelstein, na Alemanha, para calcularem a massa do buraco negro com modelos computacionais, refere o Instituto Max Planck de Física Extraterrestre em comunicado.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.