|
A+ / A-

Vila Pouca de Aguiar

Castanheiro de Vales vai representar Portugal no concurso Árvore do Ano 2020

02 dez, 2019 - 14:56 • Olímpia Mairos

Com cerca de mil anos, a árvore de Tresminas tem 21 metros de altura e um perímetro de tronco de 14 metros.

A+ / A-

A árvore portuguesa de 2020 é o castanheiro de Vales, uma árvore milenar plantada em Tresminas, no concelho de Vila Pouca de Aguiar. Com cerca de mil anos, a árvore tem 21 metros de altura e um perímetro de tronco de 14 metros.

“O castanheiro de Vales é uma árvore majestosa e milenar, localizada em propriedade privada, por onde se chega atravessando paisagens agrícolas e florestas de encantar”, refere o comunicado da União da Floresta Mediterrânica – UNAC, que organizou o concurso.

“Trata-se de uma das mais grossas árvores do nosso país, cuja cavidade do tronco guarda muitas histórias do tempo em que o castanheiro era o ponto de referência das brincadeiras das crianças”, acrescenta a nota.

A árvore do ano pertence à família de Duarte Marques que, em declarações à Renascença, manifesta “alegria pelo reconhecimento importante de uma árvore que é património natural”.

“O castanheiro está num souto e sofreu alguns trabalhos de melhoria, de proteção e valorização dado o adiantado da idade”, conta Duarte Marques, acrescentando que “á árvore pode ser visitada por quem tiver curiosidade e o portão à entrada do souto não é impedimento para ninguém porque todas as visitas são autorizadas”.

Orgulhoso pelo reconhecimento, Duarte Marques assegura que a árvore da família “tem muito para contar”. “E se pudesse falar, teria muito para dizer sobre todas as atividades e dinâmicas sociais e económicas, histórias e brincadeiras que presenciou ao longo de séculos”, partilha entre sorrisos.

O “Castanheiro de Vales” de Tresminas, em Vila Pouca de Aguiar ganhou o concurso com 1.848 votos, seguido da “Oliveira do Mouchão” de Abrantes (1.493 votos) e da “Canforeira de Bencanta” em Coimbra (1.250 votos).

Foram 35 as árvores que se apresentaram a concurso, tendo o júri, composto por Bagão Félix, Rui Queirós (ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas) e António Gonçalves Ferreira (UNAC — União da Floresta Mediterrânica), selecionado as 10.

O Castanheiro de Vales representará Portugal no concurso europeu "Tree of the Year". Durante o mês de fevereiro de 2020, todos poderão escolher a sua árvore preferida a nível europeu, através de um sistema de votação online que estará disponível neste site. Para Duarte Marques, “importante agora é divulgar para conquistar o prémio”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.