Tempo
|
A+ / A-

Internet. Europol fecha mais de 30 mil domínios e detém três pessoas

02 dez, 2019 - 15:06 • Lusa

Numa operação que envolveu Portugal, foram apreendidos 26 mil bens de luxo e 363 litros de bebidas alcoólicas.

A+ / A-

As autoridades portuguesas participaram numa operação internacional liderada pela agência europeia de polícia, Europol, que levou ao encerramento de mais de 30 mil domínios de distribuição e venda de produtos contrafeitos online. A notícia foi divulgada nesta segunda-feira.

A operação identificou 30.506 sites que vendiam produtos de contrafação, incluindo roupa, perfumes e medicamentos, além da difusão ‘pirata’ de filmes, música e conteúdos televisivos.

A envolveu 18 países, incluindo Portugal, a Eurojust e a Interpol. Dela resultou a detenção de três suspeitos e a apreensão de 26 mil bens de luxo (roupas e perfumes), 363 litros de bebidas alcoólicas, tendo ainda sido congelados mais de 150 mil euros em contas bancárias e plataformas de pagamento online.

Esta operação insere-se no objetivo da Europol de tornar a Internet mais segura para os consumidores.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+