|
A+ / A-

Congresso do PSD

Francisco Pinto Balsemão vai apoiar (de novo) Rui Rio

30 nov, 2019 - 18:25

Fundador e militante n.º 1 do PSD já tinha apoiado Rio nas diretas (na altura disputadas com Santana Lopes) de 2017.

A+ / A-

O fundador e militante número um do PSD Francisco Pinto Balsemão voltará a apoiar Rui Rio na disputa da liderança do PSD, informou este sábado a sua candidatura.

“Fundador do PSD e militante n.º 1, Francisco Pinto Balsemão junta-se à lista de apoiantes da candidatura de Rui Rio por entender que o atual líder é a melhor solução para o partido e para o país”, refere a candidatura em comunicado.

O conselheiro de Estado já tinha apoiado Rui Rio nas últimas diretas, em 2017, na altura disputadas com Pedro Santana Lopes, e que o conduziram à presidência do PSD.

No atual mandato de Rui Rio, Pinto Balsemão liderou o Conselho de Opinião da comissão para a reforma do sistema político e eleitoral do PSD, órgão que ainda não concluiu os seus trabalhos.

Advogado e jornalista, Francisco Pinto Balsemão presidiu ao partido entre dezembro de 1980 e fevereiro de 1983. Foi ministro de Estado Adjunto no VI Governo Constitucional (1980) e primeiro-ministro dos VII e VIII Governos Constitucionais (1981-83). Foi ainda deputado à Assembleia Constituinte e à Assembleia da República.

Além de Rui Rio, são candidatos às eleições diretas para escolher o líder do PSD marcadas para 11 de janeiro - com uma eventual segunda volta uma semana depois -, o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o vice-presidente da Câmara de Cascais, Miguel Pinto Luz.

O congresso do PSD realiza-se entre 7 e 9 de fevereiro, em Viana do Castelo.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.