|
A+ / A-

Bancos sobem avaliação das casas para novo máximo histórico

28 nov, 2019 - 14:01 • Sandra Afonso

Valor ultrapassou a fasquia dos 1.300 euros por metro quadrado. Subida homóloga é de 7,6%.

A+ / A-

Se é proprietário, são boas notícias. Se quer comprar casa, nem por isso. O valor médio de avaliação bancária em Portugal subiu cinco euros de setembro para outubro, para 1.304 euros por metro quadrado.

É um aumento de 7,6% em relação ao mesmo mês do ano passado e de 0,4% em relação a setembro, segundo o Instituto Nacional de Estatística. Trata-se de um novo máximo histórico.

Por regiões, o Algarve e os Açores registaram as maiores subidas. Apenas no Alentejo o preço desceu.

Em média, o Algarve apresenta os preços mais elevados, tanto nos apartamentos como nas moradias. Já os apartamentos mais baratos estão no Alentejo, enquanto as moradias mais em conta estão no centro do país.

Por regiões, as zonas com os valores mais baixos, em relação à média nacional, são as Beiras e Serra da Estrela, Beira Baixa e Médio Tejo (-27%, -24% e -23%, respetivamente).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.