|
A+ / A-

I Liga

José Gomes está feliz no Marítimo e assim quer continuar após a visita ao Benfica

28 nov, 2019 - 14:22 • Redação

O novo treinador dos insulares espera ver uma boa resposta, no primeiro teste às suas ideias. Um teste de fogo, na Luz.

A+ / A-

José Gomes é um homem feliz. Com o Marítimo, com os jogadores. E, no sábado, quer continuar a ser um homem feliz. Para tal, a equipa insular terá de travar o Benfica, na Luz, na 12.ª jornada do campeonato.

"Estou muito confiante, muito feliz a trabalhar aqui. Os jogadores têm trabalhado muitíssimo bem. Acho que vamos fazer um bom jogo", afiançou o técnico insular, que terá o primeiro jogo frente ao líder.

Os resultados recentes do Marítimo na Luz "podem gerar alguma preocupação", contudo, José Gomes acredita que este "vai ser um jogo com história diferente". O que mais quer é ver uma boa exibição:

"Tivemos duas ou três semanas de trabalho excecional. O resultado é a parte final de todo o processo. Antes do resultado, há o jogo a ser disputado, há todo um processo que pode ser apresentado com maior ou menor eficácia. Sinto que os jogadores estão a agarrar a proposta de jogo. Se estas duas semanas são suficientes para nós conseguirmos impor, em casa do primeiro classificado, a proposta de jogo que temos e vamos apresentar durante o campeonato, é uma incógnita."

Desaire sem consequências e o primeiro grande teste

O Benfica acaba de ser eliminado da Liga dos Campeões, depois de empatar (2-2) no terreno do Leipzig. José Gomes considera que a sua equipa "não tem nenhuma vantagem por isso ter acontecido".

A equipa de Bruno Lage é "muito forte nos esquemas táticos ofensivos e tem explorado muito bem as transições ofensivas", apoiado num jogador que José Gomes bem conhece, da primeira metade da temporada passada, quando treinou o Rio Ave: o brasileiro Carlos Vinícius.

"O Benfica tem agora este ponta de lança que conheço muito bem, com essa grande capacidade de pedir na profundidade e explorar muito bem, nesse momento do jogo, com a velocidade que tem, as costas da linha defensiva adversária. Também tem um Pizzi que aparece sempre em zonas de finalização, para além da participação que tem na construção das ações ofensivas", elogiou o técnico maritimista.

Em suma, o Benfica "é uma equipa muitíssimo bem organizada, com muitos pontes fortes, mas também tem os seus pontos fracos". José Gomes pretende ver o Marítimo explorar as debilidades do líder.

"É verdade que vamos jogar no Estádio da Luz, mas vai ser o primeiro teste àquilo que temos vindo a fazer. É desta forma que encaro este jogo: até que ponto é que podemos continuar e seguir com força dentro deste processo que estamos a pedir aos jogadores. Vai ser o primeiro teste duro e difícil àquilo que temos indo a fazer", sublinhou José Gomes.

O Benfica-Marítimo está marcado para sábado, às 18h00, no Estádio da Luz. Terá relato em direto e acompanhamento ao minuto na Renascença.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.