Tempo
|
A+ / A-

Transmissão da Libertadores motiva indignação do Sporting de Braga

22 nov, 2019 - 13:00 • Redação

A Câmara cedeu a Praça do Município para a transmissão da final da Libertadores, deu apoio financeiro e os autarcas promoveram o evento. O Braga joga para a Taça de Portugal no mesmo dia e os seus responsáveis sentem-se desrespeitados.

A+ / A-

O Sporting de Braga acusa a Câmara Municipal de desrespeito pelo clube. Através de comunicado, o Braga repudia a iniciativa da autarquia em promover a transmissão da final da Taça dos Libertadores no sábado. Um evento que acontecerá à mesma hora que o Braga-Gil Vicente, a contar para a 4.ª eliminatória da Taça de Portugal.

A Câmara cedeu a Praça do Município, apoiou o evento em mil euros e os autarcas, nomeadamente Ricardo Rio, têm promovido a iniciativa nas redes sociais.

"O clube não pode aceitar que os altos representantes do nosso município desrespeitem, com estas estratégias, não apenas a relação institucional que o SC Braga tanto tem feito para estreitar, mas acima de tudo afrontem a grande maioria dos cidadãos que têm no SC Braga o seu símbolo e que veem o jogo do grande emblema desportivo da cidade ser secundado para que se faça a promoção de uma final sul-americana", pode ler-se no comunicado enviado às redações.

O Sporting de Braga manifesta respeito pelo interesse que o jogo entre Flamengo e River Plate pode ter na comunidade brasileira, mas não compreende a escolha da autarquia em "não divulgar o SC Braga-Gil Vicente" e em promover a fina sul-americana.

A final da Libertadores está marcada para as 20h00 e o evento na Praça do Município começa às 18h00. O Braga-Gil Vicente, a contar para a 4.ª eliminatória da Taça de Portugal, tem início marcado para as 18h30.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Carlos
    22 nov, 2019 Braga claro 23:37
    Vergonha de presidente Sportinguista. Que se demita pois sempre se baldou para o clube da cidade por qual ele governa.
  • Themudo Barata
    22 nov, 2019 CHARNECA DA CAPARICA 18:50
    Pela primeira vez na vida escrevo um comentário na net. Acho deplorável o texto do Sporting de Braga, que nem assinado vem, refugiando-se numa posição institucional. Não critico a câmara, porque para muitíssimos portugueses que vivem em Braga tem mil vezes mais interesse ver um português, que por acaso até foi treinador do Braga, deixando história, a triunfar no estrangeiro, do que um mísero Braga-Gil Vicente. E quem quiser muito ir ao estádio vai. Mesmo que não houvesse ecran gigante, ver na TV um treinador português poder ser campeão sul-americano, o que equivale à Champions é bem mais motivante que um joguinho, que seria eventualmente um programa giro se não houvesse nada melhor e mais palpitante. Cada um tem que ter a humildade de reconhecer a dimensão do evento que patrocina. Este ano os portugueses são Flamengo, Juventus e agora Totenham.
  • Joao Mendes
    22 nov, 2019 Aveiro 14:25
    o Braga não enche o estádio nem com o Benfica (sao os benfiquistas que enchem) acreditam que no jogo da taça com o Gil Vicente ia encher tenham paciência