|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Eleições no Reino Unido. Sondagem dá 12 pontos de vantagem a Boris Johnson

19 nov, 2019 - 17:46 • Redação

Líder do Partido Conservador – que debate esta terça-feira com o líder trabalhista Jeremy Corbyn – vê a margem reduzida em cinco pontos em relação à última semana.

A+ / A-

O Partido Conservador, do primeiro-ministro Boris Johnson, tem uma vantagem de 12 pontos percentuais sobre os Trabalhistas, indica uma sondagem da YouGov para o jornal “The Times” e para a televisão Sky News, divulgada esta terça-feira.

Os conservadores reúnem 42% das intenções de voto para a eleição agendada para 12 de dezembro, face aos 30% atribuídos ao “Labour”, liderado por Jeremy Corbyn.

Apesar da vantagem ser confortável, ainda assim aponta para uma aproximação entre os dois maiores partidos, já que, no final da semana passada, a YouGov dava 17 pontos de avanço a Boris Johnson. Os Conservadores caem três pontos percentuais e os Trabalhistas sobem dois.

Os Liberais-democratas, pró-europeus, mantêm-se nos 15%, enquanto que o Partido do Brexit se mantêm num nível quase residual (4%), a par dos Verdes.

Esta terça-feira, a pouco mais de três semanas das eleições, realiza-se um frente a frente televisivo considerado chave, entre Boris Johnson e Jeremy Corbyn. Será transmitido no canal ITV, às 20h, e deve durar uma hora.

Jovens estão com Trabalhistas, mais velhos votam Conservador

O estudo revela ainda um claro fosse etário nas intenções de voto: os trabalhistas estão à frente em todos os grupos etários até aos 50 anos, enquanto os conservadores esmagam a oposição entre os eleitores mais velhos.

Por exemplo, entre as pessoas com 65 ou mais anos, os conservadores têm uma vantagem de 48 pontos. Apenas 14% dos eleitores nessa faixa etária se mostram apoiantes do "Labour", que está na oposição desde 2010, quando Gordon Brown cedeu o lugar como primeiro-ministro a David Cameron.

A sondagem – que também mostra uma divisão quase perfeita entre partidários do Brexit (46%) e da permanência na União Europeia (45%) – recolheu as intenções de voto de 1.606 pessoas, esta segunda e esta terça-feira, via online.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.