|
A+ / A-

Opel Corsa 1.2 Turbo GS Line – Ágil peso pluma

19 nov, 2019 - 15:14 • José Carlos Silva

O Corsa fez 36 anos, e a sexta geração pisca o olho aos atuais e anteriores proprietários do modelo. Calcula-se que dos 600 mil Corsa vendidos em Portugal até hoje, 300 mil ainda estejam em circulação.

A+ / A-

Exterior

O modelo proposto a concurso, o GS, faz lembrar os históricos GSi. É um carro com boas proporções.

É um carro que apresenta uma linha de cintura elevada, e grupos ópticos dianteiros e traseiros de generosas dimensões.

O para-choques traseiro é volumoso, conferindo um ar compacto a este modelo.

Interior

Apresenta um design “clean”, onde tudo está ao alcance. O ecrã central, está desviado alguns graus, orientado para o condutor, o que facilita a leitura das informações disponibilizadas.

Os comandos no volante concentram parte das funções necessárias à condução.

Motor

Porventura, o aspeto mais interessante deste Opel Corsa 1.2 Turbo GS Line.

Este e carro pesa menos de uma tonelada, o que lhe permite alcançar os 208 quilómetros por hora e bater a aceleração dos zero aos 100 km/h em cerca de 10 segundos.

Porque nem tudo fica a dever-se a um fator, o Opel Corsa conjuga um motor que debita 130 cavalos e acrescenta-lhe um coeficiente de resistência ao ar de 0.29.

A caixa automática é de 8 velocidades. Nota muito positiva para a condução, onde persiste uma sensação de leveza conjugada com eficácia.

A marca fez uma aposta clara na segurança optando por uma eficaz iluminação noturna, onde privilegia os faróis led. Uma opção que lhe permite reduzir um grama de CO2, o que é importante tendo em conta as metas que os construtores vão ter de cumprir já a partir de Janeiro.

O Opel Corsa 1.2 Turbo 130 cv GS Line tem um preço de 19.360 Euros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.