|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

I Liga

José Gomes quer ajudar o Marítimo a "reivindicar o lugar europeu"

14 nov, 2019 - 15:18 • Redação com Lusa

O treinador assume estar entusiasmado por se estrear no banco do Marítimo frente ao Benfica, no Estádio da Luz.

A+ / A-

José Gomes assumiu a ambição de reivindicar o estatuto do Marítimo de clube que participa nas competições europeias, esta quinta-feira, na apresentação como novo treinador dos insulares.

"Os jogadores vão gostar do trabalho que vou apresentar. O Marítimo tem um palmarés invejável. É um dos melhores clubes portugueses e estamos habituados a ver o Marítimo logo após os três grandes. O clube quer reivindicar no campo o lugar europeu e eu também pretendo essa consolidação", afiançou o técnico, de 49 anos, em conferência de imprensa.

José Gomes não escondeu estar "feliz regressar ao futebol português e orgulhoso por representar um clube tão prestigiado como o Marítimo". Para o técnico, estrear-se no Estádio da Luz, frente ao Benfica, será "um excelente início":

"É um excelente adversário, não é preciso fazer qualquer apelo extra para motivar os jogadores. É um jogo em que estaremos expostos ao que possam ser as nossas fragilidades."

osé Gomes estava sem clube, depois de ser despedido do Reading, do segundo escalão do futebol inglês, devido ao mau arranque de época. O técnico português estava no Championship desde a segunda metade da época passada, quando aceitou o convite dos ingleses para deixar o comando técnico do Rio Ave.

O Marítimo encontra-se no 14.º lugar do campeonato, com 11 pontos, fruto de duas vitórias, cinco empates e quatro derrotas em 11 jornadas. Também na Taça de Portugal os resultados têm desiludido: os insulares caíram na terceira eliminatória, perante o Beira-Mar, do Campeonato de Portugal.

[notícia atualizada às 15h41]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.