Evo Morales asila-se no México, mas caos na Bolívia parece não ter fim à vista

13 nov, 2019 - 00:09 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagem)

Evo Morales aterrou esta terça-feira no México, onde encontrou asilo após a sua demissão do cargo de presidente da Bolívia. O anúncio foi feito no último domingo, após três semanas de intensos protestos e um ultimato das Forças Armadas bolivianas. O governo mexicano acredita que se tenha tratado de um golpe de Estado, opinião também mantida por Morales.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.