|
A+ / A-

Nasceram três novas crias de leopardo no Zoo de Lisboa e uma ainda procura nome

12 nov, 2019 - 15:08 • Redação

Vídeo do Jardim Zoológico de Lisboa mostra o nascimento das três crias de leopardos-da-pérsia, uma espécie em declínio desde os anos 50.

A+ / A-
Nasceram três novas crias de leopardo no Zoo de Lisboa e uma ainda procura nome
Nasceram três novas crias de leopardo no Zoo de Lisboa e uma ainda procura nome

O Jardim Zoológico de Lisboa anunciou, esta terça-feira, o nascimento de três crias de leopardo-da-pérsia ou "Panthera pardus saxicolor", uma espécie em declínio desde os anos 50.

O nascimento destes animais, cuja espécie está “em perigo”, de acordo com a classificação da União Internacional para Conservação da Natureza pela (IUCN), vem reforçar o Programa Internacional de Reprodução e Reintrodução da Espécie.

“Os três machos nasceram na madrugada de dia 23 de outubro, depois de uma gestação de cerca de três meses”, adianta o zoo, em comunicado.

De acordo com José Dias Ferreira, coordenador do programa europeu de reprodução desta subespécie de leopardo, “as crias estão saudáveis e já é possível observá-las a explorar a instalação exterior com Elin, uma excelente progenitora, muito protetora.”

O momento do nascimento das crias foi captado pelo Zoo de Lisboa, que esta terça-feira partilhou o vídeo com as imagens do momento.

Todos os visitantes do Jardim Zoológico estão convidados a participar na votação para a atribuição do nome a uma destas pequenas crias, que vai decorrer no site do Zoo.

Dois dos nomes em votação, Zangezur e Talish, representam cadeias montanhosas na região do Cáucaso com extrema importância para a sobrevivência da espécie. Noah, o terceiro nome, homenageia um leopardo homónimo que entre 2004 e 2009 desempenhou um papel fundamental na consciencialização das populações e dos organismos ligados à proteção da vida selvagem naquela região.

Kiamaky e Amirhossein-Khaleghi são os nomes escolhidos para as restantes crias.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.