|
A+ / A-

Shakthar Donetsk vence Dínamo de Kiev em jogo manchado por cânticos racistas

10 nov, 2019 - 23:21 • Lusa com Redação

Taison foi expulso por rematar uma bola em direção aos adeptos da equipa rival, na sequência de cânticos racistas.

A+ / A-

O Shakhtar Donetsk, tricampeão ucraniano de futebol treinado pelo português Luís Castro, recebeu e venceu o rival Dínamo Kiev, por 1-0, em jogo da 14.ª jornada do campeonato.

Um golo de Kryvtsov, aos 19 minutos, foi suficiente para dar o triunfo ao Shakhtar, emblema que disputa os seus jogos em casa em Kharkiv e que contabiliza agora 13 triunfos e apenas um empate na competição.

O jogo teve alguns incidentes, primeiro com a interrupção aos 80 minutos, devido a distúrbios entre adeptos, e depois com a expulsão do capitão Taison no Shakhtar, aos 85 minutos. O brasileiro foi expulso após rematar uma bola em direção aos adeptos da equipa rival, devido a cânticos racistas.

Após a 14.ª ronda, a formação de Luís Castro, que foi campeã nas últimas três épocas com o também português Paulo Fonseca, agora na Roma, lidera com 40 pontos, mais 12 do que o Zorya Luhansk, segundo classificado.

No final da partida, o treinador condenou a atitude da claque da equipa rival e elogiou a atitude do seu plantel.

"Os meus jogadores mostraram o seu caráter. Estavam a demonstrar a sua personalidade durante o jogo, mas, neste momento, quero apoiar todos os que sofrem de racismo e os que sofreram hoje. Qualquer manifestação de racismo é inaceitável. Foi e será uma vergonha para todos. Juntos devemos lutar contra isso, todos os dias, a cada minuto e a cada segundo", disse, num comunicado emitido pelo clube. Luís Castro optou por não marcar presença na conferência de imprensa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.