A+ / A-

Web Summit 2019. E a 'startup' vencedora é…

07 nov, 2019 - 15:06 • Cristina Nascimento

Finalistas foram a Nutrix que apresentou nova tecnologia para medir níveis de glicose; a Be Right Back, que se apresenta como o primeiro serviço de subscrição de viagens; e a Banjo Robinson, um serviço de subscrição de cartas personalizadas para crianças.

A+ / A-

A 'startup' suíça Nutrix é a vencedora da edição deste ano do concurso de empresas inovadoras da Web Summit. A empresa desenvolveu um sensor para medir a glicose.

Este novo sensor é pequeno e deve ser colocado na parte de trás de um dente para monitorizar os níveis de glicose na saliva. A informação é depois transferida para uma aplicação externa, dando sinal quando os níveis estão muito acima ou abaixo do normal.

As 'startups' finalistas da edição deste ano foram a Nutrix que apresentou esta nova tecnologia para medir níveis de glicose; a Be Right Back que se apresenta como o primeiro serviço de subscrição de viagens; e a Banjo Robinson, um serviço de subscrição de cartas personalizadas para crianças.

As três 'startups' finalistas foram escolhidas de entre 135 de várias áreas.

A apresentação final das três empresas aconteceu no palco central antes do intervalo para o almoço. Quem estava na plateia teve a oportunidade de votar na sua preferida. De acordo com esta votação, a Nutrix foi a mais votada - com 40% dos votos. No entanto, os votos do público não são os únicos a ser levados em conta. O juri analisa a viabilidade do produto e a qualidade da apresentação.

Tal como no ano passado, este ano não há prémio monetário para o vencedor.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.