A+ / A-
Web Summit 2019

Paddy Cosgrave: "Depois desta Web Summit vamos rever tudo"

05 nov, 2019 - 15:00 • Redação com Lusa

Cofundador da conferência de tecnologia diz sentir-se "bem" com as atuais condições, apesar da falta de espaço. Também revela que, no futuro, será dada mais atenção à agricultura.

A+ / A-

O cofundador da Web Summit, Paddy Cosgrave, admitiu esta terça-feira a revisão de todo o funcionamento da conferência anual de tecnologia após a edição deste ano, que termina na quinta-feira, afirmando que já foi atingido "o número perfeito em Lisboa".

Após o surgimento de dúvidas sobre alguns pontos do acordo assinado há um ano para manter a Web Summit na capital portuguesa até 2028, em particular o facto de as obras de alargamento da FIL não terem avançado antes da edição deste ano, o empreendedor irlandês diz que se sente "bem" em relação ao facto de já ter atingido a capacidade máxima no atual recinto.

"Quanto às infraestruturas, estamos na capacidade máxima. A contar com o 'staff', são 77 mil pessoas com acreditação", disse Cosgrave no segundo de quatro dias da conferência. "Nós criámos 22 mil metros quadrados de construções temporárias antes de o novo espaço estar finalizado."

Sobre a revisão do conceito da Web Summit, o cofundador revelou que o foco principal será agora a agricultura, até porque tem raízes numa quinta.

"Nós não temos um foco na agricultura, mas acho que a comida e a segurança alimentar no futuro são temas muitíssimo importantes e ainda há muita inovação por acontecer nesta área."

Combater o desperdício

Para além de agradecer novamente às forças de segurança portuguesas pelo seu trabalho em torno da Web Summit, Paddy Cosgrave contou ainda que a organização da Web Summit tem "trabalhado muito para minimizar o desperdício" no evento.

Neste contexto, o cofundador da Web Summit contou que, pela primeira vez em três anos, nesta edição há garrafas de água de plástico no evento, o que levou a organização a tomar uma decisão esta manhã sobre o assunto.

"Temos uma vasta área de reciclagem e separamos o lixo, mas não temos tido garrafas de plástico no evento em três anos. É muito, muito triste. A decisão era ou ter água para os participantes ou não ter e infelizmente a decisão", prosseguiu Cosgrave, que está a tentar recuperar de uma constipação.

A decisão foi ter água para os participantes, mas Paddy Cosgrave lamentou que a situação tivesse acontecido.

O cofundador destacou a "diversidade de oradores" da 4.ª edição da Web Summit, salientando que a Web Summit é um "melting pot" da tecnologia.

Na sua intervenção, o tema da meteorologia também foi abordado, já que as previsões davam chuva. "Não sei a que santos é vocês rezam, porque eles responderam aos nossos apelos", afirmou Cosgrave em tom de piada.

Relativamente às 'startups', o cofundador da Web Summit acredita que irá assistir-se a "muitos unicórnios a explodir nos próximos 12 meses".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.