|
A+ / A-

Detetores de metais e raio-X entre as medidas de segurança para a Web Summit

31 out, 2019 - 20:44 • Lusa

PSP anunciou que, apesar dos cuidados, não há aumento do nível do grau de ameaça para a edição que arranca esta segunda-feira.

A+ / A-

A PSP anunciou esta quinta-feira que, embora não haja aumento do nível do grau de ameaça para a próxima edição da Web Summit em Lisboa, face a 2018, serão implementadas medidas de segurança adicionais, incluindo detetores de metais e raio-X.

"Apesar de não ter existido um aumento do nível do grau de ameaça para a edição deste ano, relativamente à de 2018, serão implementadas medidas de segurança adicionais, com a delimitação de perímetros e no controle de visitantes nas entradas por forma a garantir a segurança de todos os participantes. Essas medidas de reforço passam pela utilização de detetores de metais e aparelhos de Raio-X", refere um comunicado do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

A Web Summit em Lisboa decorre de 4 a 8 de novembro, no Altice Arena e Pavilhões da FIL, no Parque das Nações, sendo o maior evento de inovação de 'startups' e empreendedorismo tecnológico do mundo.

A PSP sublinha que, tendo em conta a dimensão do evento, estando previstos 70.000 visitantes, mais de 1200 oradores e um número elevado de CEO de empresas a nível mundial, será montado um dispositivo de segurança centrado na prevenção e próatividade, recorrendo às suas várias valências.

Essas valências são as polícias do Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade (incluindo equipas de turismo), equipas de trânsito, brigadas de prevenção criminal, equipas de intervenção rápida, equipas de prevenção e reação imediata, unidade especial de polícia, contando igualmente com a colaboração da Polícia Municipal de Lisboa.

De acordo com a PSP, os visitantes que transportem malas de viagem ou de porte considerável para o local terão à sua disposição um bengaleiro situado no lado norte da FIL, onde os podem depositar em segurança.

Paralelamente, a PSP recomenda que a aquisição de bilhetes seja apenas realizada nas plataformas oficiais do evento, porquanto a compra fora desse circuito não garantirá o acesso ao evento e, em última instância, constitui ilícito criminal ou contraordenacional.

Por outro lado, a partir de 3 de novembro e até final do evento, haverá condicionamentos à circulação automóvel, sendo as vias com circulação interrompida a alameda dos Oceanos junto á FIL, entre o Pavilhão de Portugal e a rotunda dos Vice-Reis (sentido sul-norte), a rua do Bojador, troço entre o Altice Arena e a Feira Internacional de Lisboa (troço nascente-poente) e avenida do Atlântico, entre a Feira Internacional de Lisboa e a Praça Sony;

Em contrapartida, ficará aberta a alameda dos Oceanos, no sentido norte-sul, entre a rotunda dos Vice-Reis e a avenida do Indico.

As vias que ficarão fortemente condicionadas são a rua do Bojador entre a Av. Da Boa Esperança e o Altice Arena) e a avenida Da Boa Esperança entre a rotunda dos Vice-reis e o Hotel Myriad.

Ao mesmo tempo, em toda a zona envolvente do Parque das Nações, existirá um dispositivo policial de controlo e de desembaraço de trânsito.

Ligados ao Web Summit - lembra a PSP - existirão em vários pontos da cidade outros eventos periféricos, designadamente nas zonas do Bairro Alto, Cais do Sodré e zona circundante do Lx Factory, que poderão provocar congestionamento à circulação, pelo que serão acompanhados por equipas da PSP.

Estas equipas darão localmente todo o apoio necessário às populações e participantes neste evento e promoverão o reforço de segurança através de patrulhamento fardado e à civil.

Durante a realização do Web Summit será proibida a utilização de 'drones' que não sejam da organização e segurança, no espaço aéreo adjacente ao local.

A PSP aconselha que no decurso do evento os lisboetas e visitantes privilegiem a utilização de transportes públicos, verifiquem se deixaram os veículos trancados e não deixem valores à vista no seu interior. Pede-se ainda que não ostentem ou transportem objetos valiosos, bem como quantias monetárias elevadas e que tenham consigo apenas o essencial, entre outras indicações.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.