A+ / A-

Audi Q3 Sportback – Querida, esticámos o carro

30 out, 2019 - 15:57 • José Carlos Silva

É o mais novo membro da família Audi. O Q3 Sportback aventura-se com unhas e dentes na apetitosa classe dos SUV`s e tem argumentos valiosos.

A+ / A-

Foi apresentado em Lisboa, um SUV que a o construtor alemão diz ser um coupé elegante e com design desportivo. Não há que duvidar, num primeiro contacto que será apurado posteriormente.

Este é carro que surge ao olhar, musculado, mas desportivo, pormenor realçado pelas cavas das rodas a fazerem lembrar o Audi Allroad, e com uma alteração face ao irmão Q3, muito visível na comparação, a partir do pilar B para trás.

Parece até mais largo, mas é mais estreito uns escassos 6 mm, mas é seguramente mais longo, com a diferença repartida entre frente e traseira.

Interior

Não lhe falta nada do que é habitual complementado por um quadrante digital que se assume como a nova norma, de 10,25 polegadas e outro, central de 8,8 polegadas.

Os bancos são confortáveis, a acolher bem o corpo, e não falta espaço à frente. Atrás, numa primeira análise acolhe dois adultos com bastante espaço, mesmo com altura superior a 1,80 cm, deixando espaço para uma criança.

A bagageira, tem 530 litros, e a opção dos bancos traseiros poderem ser deslocados para a frente 130 mm, permite uma melhor gestão do espaço.

Motor

Há duas motorizações no imediato, e outras a caminho. O motor 35 Tdi de 150 cavalos e outro, 40 Tdi com 190 cavalos.

A direção representa uma boa surpresa, com, digamos, uma assistência adicional, que oferece uma precisão de condução que nem sempre encontramos noutros carros.

Neste primeiro teste, fizemos um ligeiro fora de estrada em terrenos húmidos, e pendentes já consideráveis, e em momento algum vacilou. E podemos dizer que bastou a tração dianteira para fazer o caminho, apesar de haver a possibilidade de colocar o Q3 a funcionar às 4 rodas. Mas isso fica para mais tarde.

Os preços do Audi Q3 Sportback 35 TDI arrancam nos 51.600 euros e vão até aos 54.150. Na versão 40 Tdi começam nos 62.600 Euros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.