Tempo
|
A+ / A-

“Nunca pensei que cá viesse”. Costa cumpre promessa eleitoral e bebe café no Pragal

28 out, 2019 - 11:00 • Lusa com Redação

Primeiro-ministro deslocou-se de comboio até Almada. No local combinado, foi atrás do balcão cumprimentar as duas funcionárias, tendo sido recebido com beijos e sorrisos.

A+ / A-
Costa cumpre promessa e volta ao Pragal para um café
Costa cumpre promessa e volta ao Pragal para um café

Uma promessa eleitoral feita a Filipa Jacinto e Maria do Carmo levou primeiro-ministro a beber café à estação ferroviária de Almada, esta segunda-feira.

“Tinha sido a primeira combinação, se ganhasse as eleições vinha cá tomar um café”, referiu António Costa, em declarações aos jornalistas, no Ponto do Café, onde se encontrou com as duas funcionárias a quem fez a promessa, em 24 de setembro. “É sobretudo um bom indício de que aquilo que combinamos com os portugueses é para cumprir”, sublinhou.

Ainda assim, o primeiro-ministro não foi o único a concretizar promessas, mas também as duas funcionárias, que, nas eleições de 6 de outubro, votaram PS em vez de PSD.

“Parabéns. Nós prometemos que votávamos em si e votamos as duas em si. Tenho que dizer a verdade, nunca pensei que cá viesse, mas fico tão feliz e contente”, disse Filipa Jacinto.

Costa considerou que começou bem os primeiros dias da nova legislatura, lembrando que se seguem outras promessas, "que levam mais tempo a cumprir, que são mais exigentes".

A funcionária Maria do Carmo, que trabalha há 20 anos neste café da estação do Pragal, em Almada, aproveitou para passar uma mensagem do patrão: “diga que o Centeno foi maravilhoso para os vossos ordenados, para a estabilidade”.

Neste sentido, o governante indicou que Almada “até é uma zona com muito movimento, mas nas zonas com menos movimento o IVA estava a asfixiar completamente os proprietários”.

O governante deslocou-se de comboio até Almada e foi por este meio que regressou a Lisboa, mas, se a viagem para a Margem Sul se revelou tranquila, o mesmo não se pôde dizer do regresso. Quase às 10h00, António Costa entrou numa carruagem da Fertagus que se encontrava praticamente lotada, tendo que se deslocar em pé e próximo da porta de saída.



Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.