|
A+ / A-

Brasil

Flamengo esmaga e Jesus está na final da Libertadores

24 out, 2019 - 08:45 • Lusa com redação

5-0 é o maior triunfo caseiro da história do Flamengo face ao Grêmio e o 18.º jogo consecutivo sem perder do conjunto do treinador português.

A+ / A-
As imagens dos festejos do Flamengo em noite de vitória histórica
As imagens dos festejos do Flamengo em noite de vitória histórica

O Flamengo, treinado por Jorge Jesus, reforçou o estatuto de melhor equipa brasileira do momento, ao vencer o Grêmio por 5-0 e conquistar, 38 anos depois, um lugar na final da Taça Libertadores.

Um golo de Bruno Henrique, a fechar a primeira parte, aos 42 minutos, e dois do ex-benfiquista Gabriel Barbosa, Gabigol, aos 46' e aos 56', o segundo de grande penalidade, deixaram a contenda resolvida ainda com mais de meia hora para jogar.

Até ao final, o Fla conseguiu chegar à goleada, com dois golos dos centrais, primeiro do espanhol Pablo Marí, aos 67 minutos, após canto de De Arrascaeta, e depois de Rodrigo Caio, aos 71, após um livre de Éverton Ribeiro.

História frente ao Grêmio

O 5-0 é o maior triunfo caseiro de sempre do Flamengo face ao Grêmio e o 18.º jogo consecutivo sem perder do conjunto de Jorge Jesus: 15 vitórias e três empates, com 41-8 em golos, depois do 0-3 no reduto do Bahia, em 4 de agosto.

Os cariocas, que ganharam a competição em 1981, estão na sua segunda final da Libertadores, na qual vão defrontar, em 23 de novembro, em Santiago do Chile, os argentinos do River Plate, detentores do título, que afastaram os compatriotas do Boca.

Para o Flamengo, será a segunda final da principal competição da América do Sul, e, para Jorge Jesus, a terceira de uma prova internacional de clubes, depois de duas derrotas pelo Benfica na Liga Europa, com Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14).

Além de estar a um triunfo da final da ‘Champions’ da CONMEBOL, o conjunto do Rio de Janeiro segue destacado na liderança do campeonato brasileiro, 10 pontos à frente do campeão Palmeiras, a 11 jornadas do fim - será o primeiro desde 2009.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.