|
A+ / A-

Bebé sem rosto. Ordem dos Médicos suspende preventivamente médico de Setúbal

22 out, 2019 - 20:05 • Lusa

Decisão do Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos.

A+ / A-

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos decidiu suspender preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves.

A informação foi avançada à agência Lusa por fonte oficial da Ordem dos Médicos.

Segundo a mesma fonte, o Conselho Disciplinar deliberou “instaurar um procedimento de suspensão preventiva” do médico Artur Carvalho.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • António dos Santos
    22 out, 2019 Coimbra 21:04
    Agora é que suspendem o médico?!!!! É uma vergonha e um descrédito total da Ordem dos Médicos. Na verdade, todos estes casos deviam ser tratados pelo Ministério Público e nunca pela Ordem dos Médicos, que julga em causa própria. No entanto, também sabemos que a pseudo-justiça anda pelas ruas da amargura.