|
A+ / A-

Ministro cabo-verdiano encontrado morto no gabinete

21 out, 2019 - 23:08 • Lusa

O óbito de Júlio Herbert já foi confirmado pelo Governo do país. Não são conhecidos indícios de crime.

A+ / A-

O ministro adjunto do primeiro-ministro de Cabo Verde para a Integração Regional, Júlio Herbert, foi encontrado morto ao final da tarde desta segunda-feira, no seu gabinete, no Palácio do Governo, na Praia, confirmou à Lusa fonte governamental.

Elementos da Polícia Nacional cabo-verdiana foram chamados ao local, procedimento habitual neste tipo de ocorrência, precisou a mesma fonte.

Não são conhecidos até ao momento indícios de crime neste caso.

Júlio Herbert, um dos 13 ministros do atual executivo cabo-verdiano, era formado em Diplomacia pelo Instituto Rio Branco, de Brasília, e em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Entre outros cargos, o até agora ministro adjunto do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, foi cônsul-geral adjunto de Cabo Verde em Boston, Estados Unidos, assessor político-diplomático da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, conselheiro do Presidente da República e conselheiro político e diplomático do primeiro-ministro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.