|
A+ / A-

Brexit. Presidente da Câmara dos Comuns rejeita votação esta segunda-feira do acordo de saída

21 out, 2019 - 16:03

John Bercow argumentou que uma moção sobre o acordo já havia sido apresentada aos deputados no sábado e que seria "repetitivo e confuso" debater novamente.

A+ / A-

O presidente da Câmara dos Comuns, John Bercow, recusou, esta segunda-feira, uma proposta do Governo britânico para submeter de novo a votação o acordo para o Brexit negociado pelo primeiro-ministro, Boris Johnson, com Bruxelas.

John Bercow argumentou que uma moção sobre o acordo já havia sido apresentada aos deputados no sábado e que seria "repetitivo e confuso" debater novamente.

No sábado, o Governo retirou a proposta antes de ser votada porque foi aprovada uma emenda que anularia o seu efeito prático.

Esta emenda, introduzida pelo deputado independente Oliver Letwin (ex-conservador), suspendia a ratificação final do acordo do Brexit até ser aprovada a legislação que regulamenta o texto negociado com Bruxelas, devido ao risco de o processo não estar completo até ao final do mês.

A proposta foi aprovada por 322 votos a favor e 306 votos contra graças ao apoio do Partido Democrata Unionista (DUP) da Irlanda do Norte e de antigos deputados conservadores atualmente a exercer como independentes, além dos partidos da oposição.

Em consequência, o governo teve de cumprir a lei e pedir a Bruxelas um adiamento do ‘Brexit' por três meses, até 31 de janeiro, apesar de o primeiro-ministro ter juntado uma carta onde manifestava discordar deste prolongamento.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.