|
A+ / A-

Governo tem cinco novos ministros. Pedro Siza Vieira é o novo número dois

15 out, 2019 - 18:58 • Redação

São 19 ministros, 11 homens e oito mulheres. Tomada de posse será na próxima semana. Ana Mendes Godinho passa do Turismo para o Trabalho e Segurança Social e Alexandra Leitão fica com a Modernização do Estado.

A+ / A-

O Presidente da República deu esta terça-feira o seu assentimento à proposta de composição do Governo de António Costa, primeiro-ministro indigitado. O elenco, "que será oportunamente complementado com os restantes Secretários de Estado", informa a Presidência, inclui 19 ministros, 11 homens e oito mulheres.

Marcelo Rebelo de Sousa vai dar posse ao novo Governo "na próxima semana", em "data a determinar", após a publicação do mapa oficial da eleições de 6 de outubro e da primeira reunião do parlamento, foi também anunciado.

Há cinco novos ministros: Alexandra Leitão (Modernização do Estado e Administração Pública), Ana Mendes Godinho (Trabalho, Solidariedade e Segurança Social), Ana Abrunhosa (Coesão Territorial), Maria do Céu Albuquerque (Agricultura) e Ricardo Serrão Santos (Mar).

Alexandra Leitão era secretária de Estado da Educação e foi cabeça de lista do PS no círculo de Santarém. Na orgânica do anterior Governo, a pasta da Administração Pública estava na esfera do Ministério das Finanças, enquanto que a Modernização do Estado estava na Presidência do Conselho de Ministros.

Ana Mendes Godinho era secretária de Estado do Turismo e assume a pasta que era de Vieira da Silva, que sai a seu pedido.

Ana Abrunhosa é doutorada em Economia pela Universidade de Coimbra e era presidente da Comissão de Coordenação do Desenvolvimento Regional do Centro.

Maria do Céu Albuquerque sucede a Capoulas Santos, na pasta da Agricultura. Estava no Governo desde fevereiro, liderando a secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional.

Ricardo Serrão Santos substitui Ana Paula Vitorino na pasta do Mar. É professor universitário e cientista do mar, foi diretor do Departamento de Oceanografia da Universidade dos Açores e eurodeputado entre 2014 e 2019, tendo sido avaliado como um dos melhores parlamentares da legislatura.

Centeno e Van Dunem continuam

Mário Centeno mantém-se ao leme das Finanças, bem como Francisca Van Dunen na Justiça, após algumas notícias que davam conta da sua possível saída.

Há quatro ministros de Estado, sendo o número dois Pedro Siza Vieira. Seguem-se na hoierarquia Augusto Santos Silva, Mariana Vieira da Silva e Mário Centeno.

A existência deste número alargado é uma opção que fonte oficial do executivo justifica como "um reforço do núcleo central" do executivo, que permite "ao primeiro-ministro e ao ministro dos Negócios Estrangeiros assegurarem plenamente a condução da presidência portuguesa da União Europeia" em 2021.

Nota para dois novos secretários de Estado: Tiago Antunes e André Moz Caldas, que foi chefe de gabinete de Mário Centeno nas Finanças.

Eis a lista completa dos ministros do XII Governo Constitucional.

Primeiro-Ministro: António Costa

Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital: Pedro Siza Vieira

Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros: Augusto Santos Silva

Ministra de Estado e da Presidência: Mariana Vieira da Silva

Ministro de Estado e das Finanças: Mário Centeno

Ministro da Defesa Nacional: João Gomes Cravinho

Ministro da Administração Interna: Eduardo Cabrita

Ministra da Justiça: Francisca Van Dunen

Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública: Alexandra Leitão

Ministro do Planeamento: Nelson Souza

Ministra da Cultura: Graça Fonseca

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior: Manuel Heitor

Ministro da Educação: Tiago Brandão Rodrigues

Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social: Ana Mendes Godinho

Ministra da Saúde: Marta Temido

Ministro do Ambiente e da Ação Climática: João Pedro Matos Fernandes

Ministro das Infraestruturas e da Habitação: Pedro Nuno Santos

Ministra da Coesão Territorial: Ana Abrunhosa

Ministra da Agricultura: Maria do Céu Albuquerque

Ministro do Mar: Ricardo Serrão Santos

Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares: Duarte Cordeiro

Secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro: Tiago Antunes

Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros: André Moz Caldas

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vera Costa
    15 out, 2019 19:46
    Que Deus ilumine a cabeça dos novos Ministros! é só isso que eu peço! Para que eles consigam fazer brilhar, o nosso país!
  • José Pais
    15 out, 2019 19:14
    Vou ficar atento às promessas eleitorais. Que sejam cumpridas e não esquecidas.