A+ / A-

​Atriz Jane Fonda detida em protesto contra alterações climáticas

11 out, 2019 - 22:24

Polícia deteve a atriz esta sexta-feira nas escadas do Congresso dos Estados Unidos.
A+ / A-

A atriz Jane Fonda, de 82 anos, foi detida esta sexta-feira nas escadas do Congresso dos Estados Unidos, junto com um grupo de manifestantes que exigia mais ação do Governo na luta contra as alterações climáticas.

"Vou usar o meu corpo, que é agora de alguma forma famoso e popular pela série que vou fazer no Distrito de Colúmbia, e vamos fazer uma manifestação todas as sextas-feiras", disse a atriz e ativista ao jornal "The Washington Post".

Uma dezena de pessoas juntou-se esta sexta-feira na escadaria do Congresso, em Washington, com cartazes sobre as alterações climáticas, desafiando a polícia que os mandou sair do local.

Jane Fonda, que foi a terceira pessoa a ser algemada e detida, prometeu que continuará os protestos durante as próximas 14 semanas, o tempo que vai estar na capital dos Estados Unidos para a produção da série "Grace e Frankie", da Netflix.

"Vamos incorrer em desobediência civil e vamos ser presos a cada sexta-feira", disse Jane Fonda ao jornal.

A polícia do Congresso disse que tinha detido 16 pessoas por causa de uma "manifestação ilegal do lado este do Capitólio". A porta-voz, Eva Malecki, disse que os detidos serão acusados de perturbar e obstruir o acesso ao Congresso.

Em 1972, durante a guerra do Vietname, Fonda visitou Hanói e deixou-se fotografar sentada numa peça de artilharia antiaérea vietnamita. Anos mais tarde considerou a ação um erro.

Nas declarações ao jornal disse que para o protesto se inspirou na jovem ambientalista Greta Thunberg, que no ano passado iniciou sozinha uma greve às aulas todas as sextas-feiras, em protesto pela inação dos políticos face às alterações climáticas. Greta tem hoje milhões de seguidores em todo o mundo.

"Greta disse que temos que atuar como se a casa estivesse a arder. Chamarei a estes protestos o simulacro de incêndio das sextas-feiras", comentou Jane Fonda.

E acrescentou: "Vocês não veem, mas eu tenho uma armadura que me protege (...). Tenho 82 anos. Não há nada que possam fazer-me. Não importa o que façam".

A campanha "simulacro de incêndio das sextas-feiras" anunciou num comunicado que os protestos vão continuar pelo menos até meados de janeiro e que a eles se juntarão "celebridades científicas, economistas e pessoas das comunidades afetadas".

Jane Fonda é uma atriz, escritora e ativista norte-americana, filha do ator Henry Fonda. No cinema recebeu dezenas de prémios, entre eles dois óscares para a melhor atriz.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.