A+ / A-

Marcelo espera tomada de posse do novo Governo até final do mês

10 out, 2019 - 19:36 • Lusa

Presidente da República indigitou António Costa primeiro-ministro na terça-feira.
A+ / A-

O Presidente da República espera que, até final do mês, o novo Governo seja nomeado e tome posse, tendo em conta os "procedimentos normais" que estão a ser seguidos.

"Estão a ser seguidos os procedimentos normais e o calendário apontado desde a primeira hora [...] é que logo a seguir à primeira reunião da Assembleia da República haja a nomeação e a posse do Governo, o que significa até final do mês de outubro", declarou Marcelo Rebelo de Sousa.

Falando aos jornalistas na capital grega, em Atenas, cidade à qual se deslocou para participar no 15.º encontro do Grupo de Arraiolos (que reúne os chefes de Estado europeus sem poderes executivos), o Presidente da República ressalvou que esse calendário "está nas mãos do apuramento final dos resultados e da primeira reunião da Assembleia da República".

Marcelo Rebelo de Sousa chegou a Atenas ao final da tarde e irá participar, esta noite, num jantar oferecido pelo Presidente da Grécia, Prokopios Pavlopoulos, aos chefes de Estado no Museu da Acrópole.

As sessões de trabalho decorrem no dia seguinte, sexta-feira, no edifício Zappeion Megaron, tendo como temas as crises económica e dos refugiados e ainda os atuais desafios de segurança na União Europeia (UE).

No final desse dia, Marcelo Rebelo de Sousa participa novamente num jantar oferecido por Prokopios Pavlopoulos aos chefes de Estado da UE, mas desta vez no Palácio Presidencial, ocasião após a qual regressa a Portugal.

O encontro tem este nome porque se realizou pela primeira vez em Portugal, na vila alentejana de Arraiolos, em 2003, por iniciativa do então Presidente Jorge Sampaio.

No próximo ano, a iniciativa decorre novamente em Portugal.

Últimaslegislativas 2019
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.