A+ / A-
Sporting

Luís Neto "diria pior" que Bruno Fernandes após uma derrota

09 out, 2019 - 10:23 • Redação

O central do Sporting defende o capitão, que criticou alguns companheiros, numa conversa privada que veio a público.
A+ / A-

Luís Neto não ficou ofendido com os áudios filtrados de uma conversa privada de Bruno Fernandes, em que o capitão do Sporting acusava alguns companheiros de falta de empenho. Aliás, o central garante que, na situação em causa, seria ainda mais duro nas críticas.

"Os áudios são uma coisa privada. Após uma derrota, se me metessem uma escuta em casa, com certeza diria pior. A mim o que importa é o que o Bruno diz no balneário, a forma profissional como encarou os rumores de saída e tudo o que tem acontecido até agora. A responsabilidade de jogar no Sporting, a exigência para que toda a gente tenha medo de jogar em Alvalade. O resto é privado e nem devia ter vindo a público", frisou o defesa, em declarações aos jornalistas, à margem do treino do Sporting.

Luís Neto assegurou que "o balneário do Sporting funciona como uma família" e referiu que cabe a Silas, daqui para a frente, arranjar soluções para que a equipa não fique tão dependente de Bruno Fernandes:

"É um jogador importantíssimo no Sporting. Temos vários jogadores para o ajudar. A influência do Bruno não é só dentro de campo, mas também fora. Temos de ter jogadores diferentes para surpreender e criar dificuldades, porque senão pode acontecer como tem acontecido, que é tentarem bloquear o Bruno ao máximo e a nossa equipa ficar limitada."

A melhor altura possível para parar

As competições profissionais param por cerca de duas semanas, agora, para os trabalhos das seleções. Para o Sporting, representa uma paragem para assimilar processos e aprender o que o novo treinador, Silas, tem para ensinar, depois de uma sequência de duas vitórias.

"Se existe melhor altura para ter a paragem, é agora, depois de duas vitórias. Traz confiança ganhar e, agora, queremos entrar numa série que prestigie o clube em que estamos. Vitória após vitória, vamos conseguir. O mais importante é acreditar na ideia. Com a paragem, vamos ter uma maior noção daquilo que o mister quer e podemos e temos de melhorar o nosso jogo", referiu Luís Neto.

O internacional português respeita a opinião dos adeptos, mas espera que os assobios à equipa cessem ou que sejam adiados para o fim dos jogos, para que "funcione e luto tudo para o mesmo lado".

Luís Neto voltou a Portugal, para jogar no Sporting, depois de oito anos no estrangeiro. Apesar do arranque de época negativo e da dança de treinadores, garante que não teria escolhido de forma diferente:

"Foi uma decisão pensada várias vezes. Achei que era a melhor altura para voltar, queria isto para a minha carreira. Tinha o sonho de representar o grande. Apesar dos altos e baixos nestes três meses, não dou nenhum passo atrás. Tenho a certeza de que foi a melhor decisão."


legislativas 2019 promosite
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.