A+ / A-
Sub-21

Falta de informação sobre a Holanda? Diogo Queirós defende equipa técnica

09 out, 2019 - 12:08 • Redação

Defesa-central revelou que, a dois dias da partida de qualificação para o Europeu sub-21, os jogadores ainda não foram informados das características do adversário.
A+ / A-

Diogo Queirós, defesa-central da seleção sub-21, reconhece que a equipa ainda não observou a Holanda, que vai defrontar na sexta-feira. No entanto, o capitão de equipa promete que Portugal não entrará em campo às escuras.

"Teoricamente, a seleção holandesa é a que tem mais nome, mas nós ainda não vimos nada deles. A equipa técnica tem a sua forma de trabalhar. Esta é a nossa maneira. Só sabemos que quando o árbitro apitar, estaremos 100% preparados para dar o nosso melhor", disse, em conferência de imprensa.

Apesar do plantel ainda não ter informações sobre o adversário, Queirós promete a mesma equipa "que esteve contra Gibraltar e Bielorrúsia, competentes e focados a 100%, comprometidos a manter a nossa baliza a zeros e fazer o maior número de golos possível".

O defesa, atualmente emprestado ao Mouscron pelo FC Porto, garante que a experiência do grupo que atualmente representa o escalão sub-21, que venceu o Europeu de sub-17 e sub-19, é um fator favorável à equipa.

"Ajuda-nos porque temos ligações de há muitos anos para cá. Temos muito boas relações e isso ajuda-nos dentro de campo e fora de campo. Temos de continuar a trabalhar para continuar a evoluir", acrescenta.

Bom arranque no Mouscron

Depois de ter integrado a equipa principal do FC Porto na pré-temporada, Diogo Queirós foi emprestado ao Mouscron, da Bélgica, uma decisão que considera certa.

"O que pretendia neste ano era ter minutos. Fico feliz por voltar à seleção e, se o mister entender, dar o meu contributo. Acho que fiz a escolha certa", acrescentou.

Portugal defronta a Holanda na sexta-feira, às 17h30, em jogo a contar para a qualificação para o Europeu 2021.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.