A+ / A-

Santana Lopes: “Os ventos em Portugal sopram para o lado da esquerda”

06 out, 2019 - 22:35 • João Pedro Barros

Líder do Aliança elogiou Assunção Cristas, lamentando a sua saída da presidência do CDS.

A+ / A-

Santana Lopes já assumiu este domingo que não vai ser eleito deputado pelo círculo de Lisboa, naquela que era a grande aposta do Aliança para chegar à Assembleia da República. Por isso, em conferência de imprensa, o ex-primeiro-ministro revelou que vai colocar o lugar à disposição no senado, o órgão máximo do partido entre congressos, no próximo sábado.

“O Aliança não deve conseguir eleger um deputado, em democracia não há justiça ou injustiça, há votos, que exprimem a vontade da população. O Aliança não é um partido monotemático, de uma causa singular”, frisou, fazendo uma referência ao sucesso eleitoral do PAN.

Santana Lopes elogiou ainda Assunção Cristas, que abandona a liderança do CDS na sequência dos resultados deste domingo. “Combateu no Parlamento com determinação e coragem. Os ventos em Portugal sopram para o lado da esquerda”, resumiu.

Aliás, “se o partido tivesse 30 ou 40 anos”, Santana tomaria a “mesma decisão que Assunção Cristas”. “Um partido político é uma maratona, uma corrida de fundo. O Aliança não é um projeto de um homem só, é coletivo, queremos apelar à juventude. Temos autárquicas, ainda temos presidenciais pelo meio. A vida continua e as dificuldades dos portugueses também”, argumentou.

Últimaslegislativas 2019
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.