|
A+ / A-

Brexit

Novo adiamento à vista. É o que Boris vai pedir à UE caso não haja acordo até 19 de outubro

04 out, 2019 - 13:25 • Redação

Notícia avançada pela BBC tem por base documentos entregues pelo Governo britânico num tribunal escocês.

A+ / A-

O primeiro-ministro britânico planeia enviar uma carta à União Europeia a pedir que o Brexit volte a ser adiado se nenhum acordo for alcançado entre as partes até 19 de outubro, quando faltarão menos de duas semanas para o atual prazo de retirada do Reino Unido da UE.

Esta intenção consta de documentos do Governo de Boris Johnson já entregues num tribunal escocês, noticia a BBC esta sexta-feira.

No mês passado, a oposição e vários elementos do Partido Conservador de Boris Johnson aprovaram um projeto-lei que exige que o chefe do Governo peça uma extensão do prazo do Brexit na ausência de um acordo de divórcio com a UE. Na altura, Boris disse que respeitará o diploma, mas voltou a repetir que o Reino Unido vai deixar o bloco europeu com ou sem acordo a 31 de outubro.

Ativistas anti-Brexit estão a pedir ao mesmo tribunal escocês que recebeu os novos documentos do Governo britânico que obrigue Boris Johnson a respeitar a lei. Nos documentos hoje noticiados pela BBC, o Governo diz que Johnson aceita a obrigação de enviar uma carta à UE a pedir um novo adiamento do Brexit caso nenhum acordo seja alcançado dentro de duas semanas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.