|
A+ / A-

Costa avisa que Governo sem PS será "angústia" na segunda-feira

04 out, 2019 - 02:36 • Susana Madureira Martins , com redação

Num comício ao ar livre em Setúbal, o secretário-geral do PS reconheceu que o balanço da legislatura não é todo bom, mas só promete aquilo que pode cumprir.

A+ / A-
António Costa mais quatro anos - Reportagem de Susana Madureira Martins
António Costa mais quatro anos - Reportagem de Susana Madureira Martins

Se ganhar as eleições do próximo domingo, António Costa já tem planos para daqui a quatro anos: voltar a candidatar-se e ganhar novas eleições. O líder socialista avisa que um Governo sem PS será "angústia" na segunda-feira.

Num comício ao ar livre em Setúbal, que contou com a presença de Mário Centeno, o líder socialista diz que só promete o que pode fazer e promete voltar dentro de quatro anos para dizer que cumpriu.

“Quando dizemos que não assumimos um compromisso porque não estamos em condições de o poder fazer, muitas vezes não é porque não o desejamos fazer, mas porque quero estar aqui, daqui a quatro anos, da mesma forma que estou aqui hoje, de cabeça erguida e poder dizer a todos, olhos nos olhos: cumpri. E é por isso que tenho coragem para estar aqui a pedir mais confiança para mais quatro anos de governação.”

António Costa a falar para o PS e, basicamente, a condicionar os passos de todos os que ambicionam tomar-lhe o lugar como líder do partido.

Neste comício ao ar livre em Setúbal, o secretário-geral do PS admitiu que o balanço da legislatura não é todo bom e até admite que é sensível às críticas.

“Sabemos bem que não é aceitável o facto de as pessoas estarem meses, às vezes anos, à espera da reforma. Sabemos que é preciso olhar pelos ex-combatentes, sabemos de todas essas mensagens que tenho ouvido no dia a dia, na rua, a falar com os portugueses. Sim, eu não ouço só aqueles que dizem: ‘obrigado, António Costa’. Eu ouço também aqueles que dizem: ‘António Costa é preciso fazer mais e melhor’”, declarou o líder socialista.

Uma coisa é certa para António Costa: um Governo sem o PS ninguém sabe como será. Mas fica o conselho do líder do partido: não experimentem porque "será seguramente pior".

Últimaslegislativas 2019
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.