Tempo
|
A+ / A-

China

Drone ajuda a capturar fugitivo que vivia escondido em gruta há 17 anos

30 set, 2019 - 09:09 • Redação

Song Jiang tinha fugido da prisão em 2002, depois de condenado por tráfico de seres humanos, incluindo mulheres e crianças.

A+ / A-

A tecnologia ao serviço da justiça. Um fugitivo foi capturado na China com a ajuda de um drone, depois de 17 anos a monte.

Song Jiang estava a viver há anos numa gruta, nas montanhas de Yunnan, no sudoeste da China, de onde é natural.

Detido por tráfico de mulheres e crianças, o homem que tem agora 63 anos conseguiu fugir de um campo prisional em 2002 e era procurado desde então.

Segundo a polícia, no início de setembro as autoridades receberam novas pistas sobre o seu paradeiro, que as levaram a procurar nas montanhas, mas sem sucesso. Foi então que recorreram a drones para poder observar alguns lugares menos acessíveis e viram detritos e algumas chapas que serviam de telhado para o abrigo improvisado de Jiang.

O fugitivo, que foi enviado de volta para a prisão, estava há tantos anos sem contactar com outras pessoas que, segundo a BBC, teve dificuldades em comunicar com os polícias que o detiveram.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.