|
A+ / A-

Em discurso na ONU, Trump diz que políticas de fronteiras abertas são "cruéis e perversas"

24 set, 2019 - 16:15 • Agência Reuters

"Quando vocês minam a segurança nas fronteiras, estão a minar os direitos humanos e a dignidade humana."

A+ / A-

O Presidente norte-americano, Donald Trump, disse esta terça-feira que as políticas defendidas pelo que classifica como "ativistas por fronteiras abertas" estão a prejudicar muitas das pessoas que deveriam ajudar, classificando o que diz ser "a imigração ilegal" como um dos flagelos mais gritantes que o mundo enfrenta atualmente.

"Hoje tenho uma mensagem para os ativistas por fronteiras abertas que se escondem por trás da retórica da justiça social: as vossas políticas não são justas. As vossas políticas são cruéis e perversas", declarou na assembleia-geral da ONU, em Nova Iorque.

Dirigindo-se aos ditos ativistas, o chefe de Estado dos EUA acrescentou: "Vocês estão a dar poder a organizações criminosas que atacam homens, mulheres e crianças inocentes. Vocês põem o vosso falso sentido de virtude à frente das vidas e do bem-estar de inúmeras pessoas inocentes. Quando vocês minam a segurança nas fronteiras, estão a minar os direitos humanos e a dignidade humana."

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.