A+ / A-

Criança morre atropelada por comboio na Guarda

16 set, 2019 - 15:32 • Liliana Carona, com Lusa

Um familiar tinha alertado para o desaparecimento do menino de dois anos. Atropelamento ocorreu por volta das 14h10, na zona da Rasa, nas proximidades da estação da Guarda.
A+ / A-

Um menino de dois anos morreu esta segunda-feira na sequência de um atropelamento ferroviário na Linha da Beira Alta, na Guarda, confirmou à Renascença o chefe dos bombeiros voluntários da Guarda, Paulo Alves.

O atropelamento ocorreu por volta das 14h10, na zona da Rasa, nas proximidades da estação da Guarda, na Linha da Beira Alta.

O menino foi submetido a manobras de reanimação no local, mas não foi possível salvar a criança.

A criança foi atropelada por uma composição ferroviária que seguia no sentido Guarda - Pampilhosa.

Um familiar tinha dado esta segunda-feira o alerta para o desaparecimento da criança, que acabaria por ser atropelada por um comboio.

No local da ocorrência estiveram 14 homens e seis viaturas dos Bombeiros Voluntários da Guarda, da PSP e da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER).

Pelas 15h20, a Linha da Beira Alta, junto da Guarda, em direção a Vila Franca das Naves (Trancoso), permanecia cortada à circulação em ambos os sentidos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.